REGULAMENTO

    Confira as regras para participar do Prêmio Top Educacional

    icon regulamento.fw

    MATERIAL DE APOIO

    Faça o download dos arquivos de divulgação do Prêmio

    icon regulamento.fw

    O Prêmio

    Comecemos com um pouco da história do Prêmio Top Educacional, iniciativa reconhecidamente exitosa da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) — da qual muito nos orgulhamos — e que é parte integrante do calendário de eventos educacionais do país.

    O “Top”, filho dileto do presidente Édson Raymundo Pinheiro de Souza Franco, nasceu em dezembro de 1992, tendo realizado o primeiro concurso em 1993. A partir de 1997, passou a ser denominado Prêmio Top Educacional Professor Mário Palmério para reverenciar a memória de um dos fundadores da ABMES e de uma fulgurante personalidade da cultura brasileira do século XX.

    Aberto à iniciativa particular e pública — aspecto que demonstra o seu caráter democrático e articulador — o Prêmio Top Educacional acolhe propostas nas áreas de ensino, pesquisa e extensão; inovações curriculares; modelos de avaliação institucional e de gestão, além de iniciativas promotoras de inclusão social e de proteção ao meio ambiente.

    No que se refere à premiação, o Regulamento estabelece:

    Ar. 4.º— Serão conferidos à instituição vencedora uma placa e um diploma alusivos ao Prêmio Top Educacional Professor Mário Palmério.

    Parágrafo Único. Serão conferidos diplomas de participação a todos os coordenadores das propostas concorentes que solicitarem o registro formalmente à ABMES. 

    Art. 5º— Será conferido ao coordenador da proposta vencedora um prêmio em dinheiro no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais)

    § 1º Caso sejam concedidas menções honrosas, cada proposta receberá um prêmio em dinheiro no valor de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais). 

    § 2º O valor do prêmio será depositado em conta corrente cursos dados bancários serão informados pela pessoa responsavável pela inscrição do projeto, denominada "coordenador".

    As propostas concorrentes devem contribuir para o cumprimento da responsabilidade social das instituições, para a melhoria da qualidade do ensino que oferecem e para a formação do cidadão e do profissional. Além disso, devem ter um efeito multiplicador, isto é, se tornarem referências para outras instituições. Importante esclarecer que a comprovação dos resultados obtidos com as ações planejadas e implantadas representa um item obrigatório no escopo dos projetos.

    © 2018 ABMES. Todos os Direitos Reservados
    abmes log bottom trans.fw 
    SHN Qd. 01, Bl. “F”, Entrada “A”, Conj. “A” Edifício Vision Work & Live, 9º andar - Brasília/DF (61) 3322-3252 | abmes@abmes.org.br