Nesta edição, os projetos vencedores chamaram a atenção pela facilidade de serem implementados e desenvolvidos por outras IES. O prêmio principal no valor de R$10 mil será entregue ao Instituto de Ensino Superior Cenecista de Unaí/MG no dia 2 de dezembro

A Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) divulgou no dia 17 de julho o resultado da 21ª edição do Prêmio Top Educacional Professor Mário Palmério. Neste ano, o grande vencedor de um dos mais tradicionais prêmios da educação brasileira foi o projeto Adote um Preso, desenvolvido pelo Instituto de Ensino Superior Cenecista (Inesc) de Unaí (MG). Além do prêmio principal, foi concedida menção honrosa para a Faculdade Doctum de Vitória (ES), que concorreu com a proposta Educação Financeira para a Comunidade . Os projetos, escolhidos por unanimidade pela comissão julgadora, chamaram a atenção pela facilidade de serem implementados e desenvolvidos por outras Instituições de Ensino Superior (IES), além do impacto positivo que tais ações desempenham na comunidade.
 
O vencedor 
Em atividade desde o ano de 2009 na cidade de Unaí, em Minas Gerais, a iniciativa “Adote um Preso” surgiu após a constatação de que muitos internos, em cumprimento de suas sentenças condenatórias, tinham seus benefícios retardados pela ausência de defensoria na Comarca, naquela época, e por não terem recursos financeiros para custear os honorários advocatícios de um advogado particular.  
 

Para Robertson Moreira de Sá, membro da comissão julgadora do Top Educacional, o programa, que "está longe de ser assistencialista", chamou a atenção para o fato de que a ação é desenvolvida de forma interdisciplinar para propiciar aos detentos a inclusão social por meio da educação. “É possível perceber que não existe adoção no sentido assistencial da palavra, esses alunos estão proporcionando a essas pessoas condições de reinserção social e a efetivação dos pilares de sua dignidade enquanto seres humanos”.

 
Uma adoção de sucesso
A dedicação dos alunos e professores do Inesc com o projeto “Adote um Preso” possibilitou um marco de conquista. Em 2013, o reeducando S.P.S que cumpre pena no regime semiaberto na Penitenciaria Agostinho Oliveira Júnior (PAOJ), concluiu o Ensino Médio ainda no predídio, em seguida prestou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e foi contemplado com uma bolsa integral para o curso de Ciências Contábeis, por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni), para iniciar os estudos já no primeiro semestre de 2014. 
 
Menção Honrosa
Com o objetivo de criar uma mentalidade adequada e saudável em relação ao dinheiro, o projeto Educação Financeira para a Comunidade, criado em junho de 2008 pela Empresa júnior do curso de Administração da Faculdade Doctum de Vitória, busca colaborar com o gasto consciente dos recursos financeiros, principalmente das pessoas de baixa renda e micro empresários instalados na região metropolitana da Grande Vitória. 
 
O projeto oferece dicas, palestras e opiniões repassados de forma simplificada e com objetivos didáticos e práticos. Além de proporcionar aos alunos envolvidos a complementação do ensino e da aprendizagem na área de gestão da qualidade, bem como agir como instrumento de integração, treinamento e aperfeiçoamento prático, técnico-cultural, científico e de relacionamento humano. 
 
Para o professor Marco Antônio Fabro, membro da comissão julgadora do Top, a iniciativa é merecedora do reconhecimento da 21ª edição do Prêmio Top Educacional Professor Mário Palmério por incentivar o planejamento financeiro e proporcionar a reflexão sobre o “valor das coisas”. Além do mais, Fabro destaca que a continuidade da ação pode contribuir de forma significativa para o embasamento da economia doméstica. Ele conclui que “as pessoas que participam desse projeto dificilmente voltam a se endividar”.  
 
O consumidor ou o micro-empresário que deseja tirar dúvidas básicas em relação à educação financeira podem acessar www.facebook.com/empresajunior ou www.ejfv.com.br
 
Comissão Julgadora
Ana Maria Faria Lida – Professora aposentada da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Celso da Costa Frauches – Consultor Educacional da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior
Marco Antônio Fabro - Professor e aposentado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, e
Robertson Moreira de Sá – Professor licenciado da Universidade Católica de Brasília. 
 
21ª edição do Top
O Top Educacional foi criado em dezembro de 1992, pelo então presidente da ABMES, Édson Raymundo Pinheiro de Souza Franco. Em 1997 passou a ser denominado Prêmio Top Educacional Professor Mário Palmério, em homenagem ao fundador da Universidade de Uberaba, falecido em 1996. Palmério era educador, político, músico, diplomata e escritor. São de sua autoria as obras Vila dos Confins e Chapadão do Bugre. Em 1969, o professor assumiu a vaga de Guimarães Rosa na Academia Brasileira de Letras.
Há 21 anos, diversos projetos de metodologias e protótipos, incentivados e reconhecidos pela premiação da ABMES, foram posteriormente patenteados e/ou considerados referências para outras instituições de ensino.

 
Serviço
Outras informações sobre o prêmio podem ser solicitadas pelo telefone 61- 3322-3252

Fase do 22º Prêmio

  • Inscrições              check-ok.fw
  • Julgamento            off-off.fw
  • Ganhadores           check-ok.fw
  • Premiação           off-off.fw

Vídeo

rodape_top

 ico_abmes_face  ico_ambes_twitter  ico_ambes_likedin  icon-youtube  ico_abmes_google  icon_slide  icon_slide

SHN Qd. 01, Bl. "F", Entrada "A", Conj. "A"
Edifício Vision Work & Live, 9º andar - Brasília/DF
(61) 3322-3252 | abmes@abmes.org.br