No dia 2 de dezembro, a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) premiou os vencedores da 21ª edição do Prêmio Top Educacional Professor Mário Palmério

Neste ano, o grande vencedor do mais tradicional prêmio da educação brasileira foi o projeto “Adote um Preso”, desenvolvido pelo Instituto de Ensino Superior Cenecista (Inesc), de Unaí (MG). Além do prêmio principal, foi concedida menção honrosa para a Faculdade Doctum de Vitória (ES), que concorreu com a proposta “Educação Financeira para a Comunidade”. Os coordenadores dos projetos foram laureados pelas mãos de Édson Franco, idealizador do prêmio, em 1992.  
 
De acordo com Gabriel Mario Rodrigues, presidente da ABMES, “o objetivo da Associação, ao promover a premiação, é mostrar para a sociedade o que a iniciativa particular faz fora das salas de aula”. Ele ressaltou que os projetos vencedores da 21ª edição do Top se destacaram por possibilitar que os alunos vivenciem na prática o que aprenderam na teoria. 
 
Rodrigues enfatizou ainda que os projetos premiados são originários de pequenas e médias instituições de ensino e demonstram o esforço realizado em atuar de forma importante na comunidade em cumprimento à responsabilidade social, como uma das dimensões de suas propostas educativas.
 
Para Cecília Horta, diretora acadêmica da ABMES e organizadora da comissão julgadora do Top, “os projetos, escolhidos por unanimidade pela comissão julgadora, chamaram a atenção pela facilidade de serem implementados e desenvolvidos por outras Instituições de Ensino Superior (IES)”.
 
Nesta edição, além do prêmio de R$ 10 mil pago ao projeto vencedor e R$ 2,5 mil à menção honrosa, a ABMES destinou a 30ª edição do ABMES Cadernos à publicação dos artigos assinados pelos coordenadores das propostas vencedoras. Por meio dessas publicações, as ações ganham maior visibilidade nas demais IES do Brasil e do exterior.
 
O vencedor 
Em atividade desde o ano de 2009 na cidade de Unaí, em Minas Gerais, a iniciativa “Adote um Preso” surgiu após a constatação de que muitos internos, em cumprimento de suas sentenças condenatórias, tinham seus benefícios retardados pela ausência de defensoria na Comarca, naquela época, e por não terem recursos financeiros para custear os honorários advocatícios de um advogado particular.  
 
Menção Honrosa
Com o objetivo de criar uma mentalidade adequada e saudável em relação ao dinheiro, o projeto Educação Financeira para a Comunidade, criado em junho de 2008 pela Empresa júnior do curso de Administração da Faculdade Doctum de Vitória, busca colaborar com o gasto consciente dos recursos financeiros, principalmente das pessoas de baixa renda e microempresários instalados na região metropolitana da Grande Vitória. 

O projeto oferece dicas, palestras e opiniões repassados de forma simplificada e com objetivos didáticos e práticos. Além de proporcionar aos alunos envolvidos a complementação do ensino e da aprendizagem na área de gestão da qualidade, bem como agir como instrumento de integração, treinamento e aperfeiçoamento prático, técnico-cultural, científico e de relacionamento humano. 

Fase do 22º Prêmio

  • Inscrições              check-ok.fw
  • Julgamento            off-off.fw
  • Ganhadores           check-ok.fw
  • Premiação           off-off.fw

Vídeo

rodape_top

 ico_abmes_face  ico_ambes_twitter  ico_ambes_likedin  icon-youtube  ico_abmes_google  icon_slide  icon_slide

SHN Qd. 01, Bl. "F", Entrada "A", Conj. "A"
Edifício Vision Work & Live, 9º andar - Brasília/DF
(61) 3322-3252 | abmes@abmes.org.br