1.º LUGAR

Título da Proposta:

Programa Gota D´Água

Coordenadora:

Adriana Abel Penedo

Mantenedora:

Centro Universitário São Camilo Espírito Santo

Presidente:

Pe. João Batista Gomes de Lima

Mantida:

União Social Camiliana

Dirigente:

José Bessa Barros

Endereço:

São Camilo de Lellis, nº01, bairro Paraíso

Cidade:

Cachoeiro de Itapemirim

Estado:

ES

CEP:

29.304-040

Tel:

(28) 3526-5927

Fax:

(28) 3526-5934

E-Mail:

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Resumo:

O Gota D´Água promove o uso racional da água por meio de atividades além do âmbito da Instituição. As ações realizadas, aliadas à estrutura organizacional ONG Água e Cidade, sensibilizaram a comunidade camiliana, seus familiares e as comunidades locais, promovendo atividades que geram mudanças expressivas, nas formas de uso e importância da conservação da água. Entre as várias estratégias do programa estão as palestras mobilizadoras, promoção de cursos de  economia de água, criação de materiais promocionais, ações externas de mobilização dos cachoeirenses e distritos, sempre  com divulgação dos resultados, buscando o comprometimento da sociedade para o uso racional da água de abastecimento  e o controle do consumo de água, das edificações das instituições envolvidas, por meio da metodologia do Prêmio Água e  Cidade, contribuindo assim, para o combate do desperdício no Brasil.

MENÇÕES HONROSAS

Título da Proposta:

O Ensino de Matemática para Deficientes Visuais através da utilização do Instrumento Multiplano: Concreto e Virtual

Coordenador:

Rubens Ferronato

Mantenedora:

UNIPAN – União Pan Americana de Ensino

Presidente:

Marcos Vinícius Pires de Souza

Mantida:

FACIAP - Faculdade de Ciências Aplicadas de Cascavel

Dirigente:

Carlos Roberto Calssavara

Endereço:

Av. Brasil 7210 Centro

Cidade:

Cascavel

Estado:

PR

CEP:

85.810-000

Tel:

(45) 3219 4411

Fax:

(45) 3219 4425

E-Mail:

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Resumo:

Estudo sobre o ensino de matemática para alunos deficientes visuais através da utilização do material concreto MULTIPLANO. Respalda-se na igualdade de oportunidades como mola propulsora, objetivando maximizar o aproveitamento das atividades educativas destinadas a satisfazer as necessidades básicas de aprendizagem desse grupo, em específico no que tange a cálculos e solução de problemas, num processo inclusivo e multilateral, onde a diferença, no caso a restrição sensorial, não é agravante para que a aprendizagem se efetive. Através de produção de meios para a compreensão dos métodos do MULTIPLANO oriundos das experiências do projeto, pretende-se propiciar oportunidades iguais de aprendizagem a todas as pessoas, em específico aos deficientes visuais, muitas vezes deixadas à deriva do sistema educacional.

Matrícula:

A universidade e a luta pela construção dos direitos humanos: como a atenção integral ao paciente judiciário reduz o sofrimento mental

Coordenadora:

Fernanda Otoni de Barros

Mantenedora:

Instituto Cultural Newton Paiva Ferreira

Presidente:

Paulo Newton de Paiva Ferreira

Mantida:

Centro Universitário Newton Paiva

Dirigente:

Newton de Paiva Ferreira Filho

Endereço:

Rua Goitacases, 1762 - Barro Preto

Cidade:

Belo Horizonte

Estado:

MG

CEP:

30.190-052

Tel:

(31) 3295-5879

Fax:

(31) 3295-6205

E-Mail:

Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Resumo:

O Programa de Atenção Integral ao Paciente Judiciário Portador do Sofrimento Mental Infrator (PAI-PJ) é resultado de uma  parceria do Centro Universitário Newton Paiva com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, para realizar o companhamento do portador de sofrimento mental que cometeu algum crime. A intervenção junto aos pacientes infratores é determinada pelos juízes das varas criminais que, auxiliados por equipe multidisciplinar do programa, podem definir qual a melhor medida judicial a ser aplicada, com a intenção de conjugar tratamento, responsabilidade e inserção social.  Alunos e professores dos cursos de Psicologia e Direito participam do PAI-PJ, que criou uma metodologia única para o trabalho de reinserção desenvolvido por meio de tratamento psicológico, bem como de trabalho social com o paciente e seus familiares. Pelos resultados alcançados e sua relevância social, a iniciativa vem sendo apresentada em universidades e órgãos judiciários de vários estados brasileiros e foi escolhida pela Universidade de Paris para ser discutida no 2º Encontro Franco Brasileiro de Psicanálise e Direito, que será realizado de 25 a 27 de novembro, em Paris, França.

Fase do 22º Prêmio

  • Inscrições              check-ok.fw
  • Julgamento            off-off.fw
  • Ganhadores           check-ok.fw
  • Premiação           off-off.fw

Vídeo

rodape_top

 ico_abmes_face  ico_ambes_twitter  ico_ambes_likedin  icon-youtube  ico_abmes_google  icon_slide  icon_slide

SHN Qd. 01, Bl. "F", Entrada "A", Conj. "A"
Edifício Vision Work & Live, 9º andar - Brasília/DF
(61) 3322-3252 | abmes@abmes.org.br